Novidades

O que fazer durante a quarentena (e sempre!): dividir as tarefas domésticas

A crise do coronavírus está escancarando outras crises inerentes ao capitalismo, e uma delas é a sobrecarga de mulheres devido às tarefas domésticas.

O lockdown (isolamento social que visa conter a propagação do corona vírus) que já está sendo realizado em diversos países mostrou como a economia é sustentada pela classe trabalhadora. É a classe trabalhadora quem produz “valor”. Mas então quem “produz” a classe trabalhadora e garante, a partir do seu cuidado, que ela possa desempenhar plenamente sua função?

No Brasil, um estudo realizado pelo IBGE¹ mostrou que enquanto as mulheres dedicam, em média, 21,3 horas semanais aos afazeres domésticos, os homens dedicam apenas 10,9 horas à este trabalho. Este trabalho de cuidado (de pessoas e de casas), feito majoritariamente por meninas e mulheres, toma cerca de 12,5 bilhões de horas todos os dias no mundo e vale 10,8 trilhões de dólares ao ano, segundo relatório da Oxfam² deste último janeiro. Ou seja, é um trabalho muito valioso e pouco ou nada remunerado.

Além das feministas que defendem que haja um salário para esse trabalho, uma das formas de remuneração é por meio de serviços públicos eficientes. Isso quer dizer que nosso trabalho seria retribuído com uma sociedade que realmente funcionasse para os 99%. A realidade é que o trabalho dessas mulheres contribui para a manutenção da mão-de-obra, que é explorada pelos capitalistas, ou seja, acaba virando mais riqueza para os bilionários, em sua maioria, homens.

Até hoje você vem deixando todo o trabalho dentro de casa/da família para as mulheres, ou pior, para uma só mulher? Aproveite a quarentena para refletir e dar os primeiros passos para mudar sua realidade, ao mesmo tempo em que atua para transformar as condições materiais que nos levam a essas situações.

10 coisas que você pode fazer:
1) Aprender a cozinhar (comece pelo básico, arroz e feijão)
2) Tirar o pó dos móveis
3) Limpar o fogão e arrumar a cozinha depois das refeições
4) Varrer e passar pano no chão
5) Lavar e passar roupa
6) Cuidar dos filhos ao longo do dia
7) Lavar o banheiro
8) Desinfetar a casa se tem gente chegando de fora
9) Lavar as janelas
10) Organizar os objetos da casa

Não espere uma mulher pedir, tome a iniciativa! Isso também ajuda a reduzir a carga mental das mulheres, que é o estresse ocasionado pela pressão do planejamento, da organização e tomada de decisão para estas tarefas. Não fazemos isso porque é mania de mulher, porque gostamos, e sim porque é uma questão de dignidade humana que atrelam ao nosso gênero como obrigação.

Para quem quiser saber mais, indicamos O Ponto Zero da Revolução, de Silvia Federici, e especificamente o último capítulo de Mulheres, Raça e Classe, de Angela Davis.

¹ Outras Formas de Trabalho. IBGE, 2019.
² Tempo de Cuidar: o trabalho de cuidado não remunerado e mal pago e a crise global da desigualdade. Oxfam, 2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: